cabecalho informe tecnico

IC - nº 07 - Crédito Rural - Julho.2023

O Informe de Crédito Rural da Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar, tem como objetivo observar a evolução do funding do Crédito Rural no Brasil, bem como os recursos disponibilizados para as cooperativas a nível nacional e do estado do Paraná, além de identificar e comparar o volume de captação de recursos mensais com safras anteriores.

O acumulado de Crédito Rural na Safra 2023/24 contratado em julho de 2023 superou os R$ 42 bilhões. Ou seja, o valor contratado atingiu 10 % do volume disponibilizado para esta safra (R$435,8,9 bilhões). Vale destacar que a maior parte dos recursos usados para contratação teve origem em LCA (41%); recursos obrigatórios (30%); poupança rural (13%); BNDES (7%), recursos livres (5%) e fundos constitucionais (4%).

Com relação ao setor cooperativista, o informe demonstra que as cooperativas brasileiras captaram do início do Plano Safra referente ao mês de julho de 2023, cerca de, R$ 3,62 bilhões. A distribuição dos recursos tem como a maior parte destinados para à industrialização e custeio, nesta ordem de importância. As cooperativas paranaenses, até o momento já captaram cerca de R$ 1,50 bilhão, ou seja, aproximadamente 41% do total captado pelas cooperativas do país.

IC - nº 06 - Crédito Rural - Junho.2023

O Informe de Crédito Rural da Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar, tem como objetivo observar a evolução do funding do Crédito Rural no Brasil, bem como os recursos disponibilizados para as cooperativas a nível nacional e do estado do Paraná, além de identificar e comparar o volume de captação de recursos mensais com safras anteriores.
O acumulado de Crédito Rural na Safra 2022/23 contratado de julho de 2022 até junho de 2023 superou os R$ 355 bilhões. Ou seja, o valor contratado superou o volume disponibilizado para esta safra (R$340,9 bilhões). Vale destacar que a maior parte dos recursos usados para contratação teve origem na poupança rural (45%); recursos obrigatórios (20%); recursos com taxas livres (18%); fundos constitucionais (9%), BNDES equalizável (5%) e outros (3%).
Com relação ao setor cooperativista, o informe demonstra que as cooperativas brasileiras captaram no Plano Safra 2022/23, cerca de, R$ 28,09 bilhões. A distribuição dos recursos tem como a maior parte destinados para à industrialização, custeio, comercialização e investimento, nesta ordem de importância. As cooperativas paranaenses, até o momento, mantêm o mesmo nível de captação do mês anterior, ou seja, aproximadamente 30% (R$ 8,49 bilhões) do total captado pelas cooperativas do país. As cooperativas paranaenses aplicaram os recursos captados nas finalidades de industrialização, custeio, investimento e comercialização.

IC - nº 04 - Crédito Rural - Abril.2023

O Informe de Crédito Rural da Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar, tem como objetivo observar a evolução do funding do Crédito Rural no Brasil, bem como os recursos disponibilizados para as cooperativas a nível nacional e do estado do Paraná, além de identificar e comparar o volume de captação de recursos mensais com safras anteriores.
O acumulado de Crédito Rural na Safra 2022/23 contratado até dezembro superou os R$ 292 bilhões. Ou seja, o valor contratado atingiu 86 % do volume disponibilizado para esta safra (R$340,9 bilhões). Vale destacar que a maior parte dos recursos usados para contratação teve origem na poupança rural (43%); recursos obrigatórios (23%); recursos com taxas livres (18%); fundos constitucionais (8%), BNDES equalizável (5%) e outros (3%).
Com relação ao setor cooperativista, o informe demonstra que as cooperativas brasileiras captaram do início do Plano Safra até janeiro do corrente ano, cerca de, R$ 24,57 bilhões. A distribuição dos recursos tem como a maior parte destinados para à industrialização, custeio, comercialização e investimento, nesta ordem de importância. As cooperativas paranaenses, até o momento, mantêm o mesmo nível de captação do mês anterior, ou seja, aproximadamente 30% (R$ 7,3 bilhões) do total captado pelas cooperativas do país. As cooperativas paranaenses aplicaram os recursos captados nas finalidades de industrialização, custeio, investimento e comercialização.

IC - nº 05 - Crédito Rural - Maio.2023

O Informe de Crédito Rural da Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar, tem como objetivo observar a evolução do funding do Crédito Rural no Brasil, bem como os recursos disponibilizados para as cooperativas a nível nacional e do estado do Paraná, além de identificar e comparar o volume de captação de recursos mensais com safras anteriores.
O acumulado de Crédito Rural na Safra 2022/23 contratado de julho de 2022 até maio de 2023 superou os R$ 321 bilhões. Ou seja, o valor contratado atingiu 94 % do volume disponibilizado para esta safra (R$340,9 bilhões). Vale destacar que a maior parte dos recursos usados para contratação teve origem na poupança rural (45%); recursos obrigatórios (22%); recursos com taxas livres (18%); fundos constitucionais (8%), BNDES equalizável (5%) e outros (2%).
Com relação ao setor cooperativista, o informe demonstra que as cooperativas brasileiras captaram do início do Plano Safra até maio do corrente ano, cerca de, R$ 26,06 bilhões. A distribuição dos recursos tem como a maior parte destinados para à industrialização, custeio, comercialização e investimento, nesta ordem de importância. As cooperativas paranaenses, até o momento, mantêm o mesmo nível de captação do mês anterior, ou seja, aproximadamente 30% (R$ 7,86 bilhões) do total captado pelas cooperativas do país. As cooperativas paranaenses aplicaram os recursos captados nas finalidades de industrialização, custeio, investimento e comercialização.

IC - nº 03 - Crédito Rural - Março.2023

O Informe de Crédito Rural da Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar, tem como objetivo observar a evolução do funding do Crédito Rural no Brasil, bem como os recursos disponibilizados para as cooperativas a nível nacional e do estado do Paraná, além de identificar e comparar o volume de captação de recursos mensais com safras anteriores.
O acumulado de Crédito Rural na Safra 2022/23 contratado até dezembro superou os R$ 269 bilhões. Ou seja, o valor contratado atingiu 79 % do volume disponibilizado para esta safra (R$340,9 bilhões). Vale destacar que a maior parte dos recursos usados para contratação teve origem na poupança rural (41%); recursos obrigatórios (23%); recursos com taxas livres (20%); fundos constitucionais (7%), BNDES equalizável (6%) e outros (3%).
Com relação ao setor cooperativista, o informe demonstra que as cooperativas brasileiras captaram do início do Plano Safra até janeiro do corrente ano, cerca de, R$ 22,89 bilhões. A distribuição dos recursos tem como a maior parte destinados para à industrialização, custeio, comercialização e investimento, nesta ordem de importância. As cooperativas paranaenses, até o momento, captaram um volume significativo de recursos, ou seja, aproximadamente 30% (R$ 6,93 bilhões) do total captado pelas cooperativas do país. As cooperativas paranaenses aplicaram os recursos captados nas finalidades de industrialização, custeio, investimento e comercialização.

icone prcoop icone instagram icone facebook icone X icone linkedin icone youtube icone flickr icone endereco