Início Sistema Ocepar Desenv. Técnico Informes Técnicos Informe Econômico

 

cabecalho informe tecnico

IE - nº 50 - Mensal - outubro.2019


A Gerência de Desenvolvimento Técnico da Ocepar (Getec) divulga, nesta segunda-feira (28/10), mais uma edição do Informe Expectativas de Mercado mensal contendo o histórico das projeções macroeconômicas para o Brasil, com base nas informações do Boletim Focus, do Banco Central, levantadas com instituições financeiras sobre as projeções relativas à economia nacional, contemplando o Produto Interno Bruto (PIB), IPCA (Índice de Preços ao Consumidor), taxa Selic e câmbio para 2019.

A expectativa para o PIB do Brasil em 2019 sofreuredução de 1,62 pontos percentuais com relação à primeira projeção do ano 2,53% a.a.Desta forma, a expectativa é a de que o PIB cresça em 0,91% no ano 2019.

A expectativa para a inflação (IPCA) sofreuredução de 0,72 pontos percentuaiscom relação à primeira projeção do ano 4,01% a.a. Assim, a projeção é a de que o IPCA encerre o ano de 2019 em 3,29% a.a.

A expectativa para a taxa Selic em 2019 sofreu redução de 2,50 pontos percentuais com relação à primeira projeção do ano 7,0% a.a. Desta forma, a expectativa é a de que a taxa Selic encerre o ano de 2019 em 4,50% a.a.

A expectativa para a taxa de câmbio em 2019 aumentou em 0,20 R$/dólar com relação à primeira projeção do ano 3,80 R$/dólar.Desta forma, a expectativa é a de que a taxa de câmbio encerre o ano de 2019 em 4,00 R$/dólar.

Lembramos que o Boletim Focus é uma publicação do Banco Central do Brasil, que traz a evolução gráfica e o comportamento semanal das previsões para índices de preços, atividade econômica, câmbio, taxa Selic, entre outros indicadores. As previsões são do mercado, não do Banco Central.

O presente informe da Ocepar apresenta um histórico destas projeções semanais com a finalidade de observação do comportamento dos indicadores ao longo do ano, que variam semanalmente conforme as previsões do mercado.

Informe elaborado pela GETEC - Ocepar e indica o histórico das projeções macroeconômicas, por data publicada no Boletim Focus do Banco Central.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn