Cooperativas poderão receber recursos de fundos regionais de desenvolvimento


Criados para financiar projetos nas áreas de atuação das Superintendências do Desenvolvimento da Amazônia (Sudene), do Nordeste (Sudam) e do Centro-Oeste (Sudeco), os fundos de desenvolvimento dessas regiões poderão ser acessados por cooperativas. É o que prevê o Projeto de Lei Complementar (PLP) 262/2019, apresentado pelo senador Flávio Arns (Rede-PR), que integra a Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop).

A proposta inclui as cooperativas no rol dos beneficiários dos recursos do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA), Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) e Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), diz Flávio Arns. Para o senador, a inclusão das cooperativas como beneficiárias dos fundos tornará mais efetiva a promoção do desenvolvimento dessas regiões.

O cooperativismo beneficia direta ou indiretamente 51,6 milhões de pessoas em todo o país. Em 564 municípios, as cooperativas de crédito são as únicas instituições financeiras locais e 807 municípios são atendidos por cooperativas de eletrificação no país. No setor de transporte, as cooperativas são responsáveis pela movimentação de 428 milhões de toneladas de cargas por ano.

baixar icon
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn