Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias SICREDI: Conheça os cinco principais "ladrões" do seu dinheiro

 

 

cabecalho informe

SICREDI: Conheça os cinco principais "ladrões" do seu dinheiro

sicredi 19 10 2020Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) indica que 67,5% das famílias brasileiras estão endividadas. O recorde histórico, registrado em agosto deste ano, é o maior desde 2010. Falta de planejamento financeiro e hábitos pouco saudáveis do consumidor estão entre os fatores que contribuem para o descontrole do orçamento familiar e, consequentemente, para que a conta bancária feche no vermelho no fim do mês.

Ausência de organização financeira - “A ausência de organização financeira tem um peso significativo nas dívidas acumuladas pelas famílias brasileiras”, destaca Marco Tejeda, gerente da agência da Sicredi Iguaçu PR/SC/SP, em Campinas. A falta de planejamento, ressalta o especialista, vem acompanhada de gastos desnecessários no dia a dia. Tejeda cita como exemplos a falta de atenção com datas de vencimento discriminadas nos boletos, que podem levar a cobranças de multas e juros, e o pagamento de outras taxas, além das compras desnecessárias.

Reflexão - O especialista aconselha que qualquer decisão de gasto venha acompanhada de uma reflexão. “Devemos saber identificar o que precisamos realmente comprar, e o que não necessitamos e consumimos sem precisar. Pode parecer óbvio, mas esse é um dos principais motivos do descontrole financeiro”, afirma.

Levantamento - No levantamento realizado pela CNC, o cartão de crédito é apontado como a principal modalidade de endividamento (77,8%), seguida dos carnês (17,3%) e do financiamento de veículos (10,6%).

Erro - Um erro bastante comum do consumidor quanto ao uso do cartão de crédito, exemplifica Tejeda, é o lançamento de várias compras a serem parceladas em um mesmo período. "Embora represente uma facilidade para adquirir produtos ou pagar por um serviço, o cartão de crédito precisa ser utilizado com planejamento", reforça o especialista da Sicredi.

Situações - Tejeda lista cinco situações nas quais as famílias mais se endividam. Veja quais são:

1 - Uso excessivo do cartão de crédito, com muitos parcelamentos simultâneos.

2 - Uso do cheque especial, como se o limite fizesse parte do orçamento mensal.

3 - Compra de produtos em promoção, sem que haja necessidade.

4 - Idas frequentes ao mercado. Recomenda-se a ida uma vez por semana, com a lista de compras em mãos, evitando supérfluos.

5 - Gastos excessivos em lazer, como baladas, festas e eventos.

Custos fixos - Marco Tejeda recomenda que o consumidor analise os custos fixos, como TV a cabo, internet e celular, e tente negociar com as operadoras. Caso consiga um desconto, destine esse valor e parte da renda para uma reserva financeira, investindo em poupança, por exemplo.

Outra dica é diferenciar a necessidade da vontade de comprar. “A família deve entender que existem muitos gastos desnecessários e que um valor pequeno por mês pode representar muito no longo prazo. Além disso, é preciso tornar mais comum o ato de poupar, que é um princípio de uma educação financeira que traz várias vantagens ao consumidor. Um dos benefícios é justamente evitar que se entre na preocupante estatística de endividamento no Brasil e que passe por momentos difíceis, como uma demissão, por exemplo, com mais tranquilidade”, finaliza.

Sobre o Sicredi - O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 23 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br). (Imprensa Sicredi)

*Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias