cabecalho informe

SEBRAE/PR: Ratinho Junior e Darci Piana participam de live

Dentro da série de entrevistas realizadas pelo Sebrae/PR, “Líderes que fazem acontecer a articula ação”, foi ao ar, às 9h desta terça-feira (26/05), a última live do programa Líderes do Paraná. Durante uma hora, o superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, conversou com o governador Carlos Massa Ratinho Junior e com o vice-governador, Darci Piana, sobre o ambiente das pequenas empresas e como líderes tomam decisões na crise.

Pandemia - Ratinho e Darci falaram sobre suas preocupações com a pandemia do Covid-19 e os reais impactos nas atividades do governo e em diversos segmentos econômicos do Paraná. “Dizer que o setor empresarial não terá um baque com esta pandemia é mentira. Todos serão impactados e nossa missão é amenizar ao máximo as consequências danosas no econômico e no social, por isso as inúmeras iniciativas que tomamos para socorrer vários setores”, frisou o governador.

Espinha dorsal - Darci Piana disse que, neste período, o governo manteve a “espinha dorsal da economia trabalhando, como o porto, agroindústrias, transportes, produção de medicamentos etc. Não foi um fechamento generalizado mas, sim, um equilíbrio para que a doença não fosse disseminada junto à população e para que muitas empresas também não parassem. Junto com este equilíbrio, continuamos trabalhando com o governador na busca de novos investimentos. Esta retomada vai tratar sobre esse aspecto, buscar novos postos de trabalho e para que nossa população tenha renda e possa sustentar suas famílias e poder consumir e assim ajudar rodar a economia. Desta forma, iremos retomar o comércio, a indústria e o agronegócio, que tanto contribuem para nossa economia”, lembrou.

Made in Paraná - O governador Ratinho Júnior também destacou a iniciativa do programa chamado de Recupera Paraná, onde um dos focos principais é promover uma intensa campanha de divulgação de tudo que é produzido no Paraná, Made in Paraná, ou Feito no Paraná. “Criaremos um selo para todos os produtos industrializados no Paraná, seja pelas micro e pequenas cooperativas, empresas, pelo artesanato para justamente fazer com que o paranaense consuma aquilo que gera emprego e renda dentro do Estado. Vamos fazer uma mídia para mostrar isso. Outro setor que daremos uma atenção especial será o turismo. Promover este importante elo da nossa economia, para que a população também conheça os principais atrativos turísticos de nosso estado. Lembro de uma pesquisa que 70% dos moradores de Paranaguá não conhecem a Ilha do Mel, um dos principais atrativos do nosso litoral e que pertence ao município. Promover nossos polos turísticos para os próprios paranaenses conhecerem”, frisou Ratinho Júnior.

Povo trabalhador - No final do bate papo, Ratinho Júnior disse que, mesmo diante de toda esta pandemia, acredita que superaremos tudo graça a nossa população. “O paranaense é o povo mais trabalhador do país, temos isso em nossas veias, ou seja, gostar de trabalhar, não ter medo de ir para a luta diária. Esta é uma das maiores virtudes da nossa população. Também temos um setor empresarial pujante. Sempre digo que ser empresário no Brasil não é fácil devido à alta carga de impostos. Os empresários são sobreviventes. Esta pandemia é só mais um desafio e vamos passar por ela e levar muitas lições, com geração de empregos e distribuição de renda. O Estado está tomando decisões em parceria com o setor produtivo, que muito tem contribuído para que possamos, juntos com a população, de forma unida, superar tudo”. E finalizou: “precisamos, mais do que nunca, respeitar a todos os profissionais de saúde, respeitar a ciência para que possamos voltarmos melhores”.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias