cabecalho informe

INTEGRADA: Cooperativa apresenta novas tecnologias na 2° edição do Agrobit

Fomentar o crescimento da produtividade dos seus associados tem sido o trabalho da Integrada desde a sua fundação. Para isso, a cooperativa tem buscado aprimorar-se quando o assunto é inovação e tecnologia. Com este intuito, a cooperativa marcou presença na 2ª edição do Agrobit Brasil, evento voltado para a disseminação de tecnologia no agronegócio, que ocorreu entre os dias 12 e 13 de novembro, em Londrina (PR). O evento contou com a participação da ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Estandes - A Integrada participou com dois estandes, um no pavilhão tecnológico, onde foi feita a apresentação do sistema de telemetria de Agricultura de Precisão da cooperativa, e outro estande de exposição de máquinas e equipamentos. O diretor vice-presidente, João Francisco Sanches Filho, afirma que a Integrada quer ser uma protagonista no que diz respeito à tecnologia e inovação. “Esperamos colher frutos com o Agrobit”, avalia Sanches Filho.

Vanguarda - O diretor vice-presidente reforça que a cooperativa está na vanguarda na disseminação da tecnologia por meio do seu time de agrônomos, que leva o que há de melhor do mercado para os seus associados. Além da oferta de tecnologia por meio da assistência técnica, Sanches Filho reforçou que a cooperativa também disponibiliza aos seus associados em máquinas e equipamentos de alta tecnologia.

Eficiência e redução de custos - O cooperado Humberto Uemura, de Mauá da Serra, esteve presente no primeiro dia do evento e destaca que a tecnologia ajuda o produtor a aumentar a eficiência e a reduzir os custos pela tecnologia que disponibiliza para os cooperados. “Quantas vezes me perdi na lavoura no plantio durante a noite. Hoje, com o GPS, isso não acontece mais”, observa o cooperado.

Economia de tempo - Uemura lembra que, quando era criança, durante a semeadura, arrastava corda para demarcar a passagem da plantadeira. Com o uso da tecnologia, principalmente com o uso do GPS, o agricultor evita sobreposição tanto na semeadura, quanto na pulverização. Isso resulta em economia de tempo e dinheiro e resulta em uma lavoura mais homogênea e produtiva. “Hoje tudo envolve decisão, precisa ser rápido”, completa Uemura sobre a eficiência da tecnologia.

Manejo - As tecnologias voltadas para manejo da lavoura foram os motivos que levaram o cooperado Tiago Arruda Marques, de Assaí (PR) à 2ª edição do Agrobit. Ele afirma que a Integrada presta todo o suporte tecnológico, principalmente no combate à pragas e doenças.

Tecnologia embarcada - No Agrobit, a demonstração de máquinas e equipamentos foi um show à parte. No espaço concedido à Integrada, a cooperativa apresentou o novo pulverizador Figter. Além do pulverizador, a loja de máquinas da Integrada de Londrina levou uma linha completa de implementos de pré-semeadura, semeadura e pulverização.

Hackathon - Nesta edição do Agrobit, colaboradores da Integrada estão participando como mentores do Hackathon Smart Agro. Empresas de tecnologias trabalharam durante o evento para apresentar soluções para problemas do dia a dia no setor. A equipe da cooperativa deu todo o apoio para as equipes para o desenvolvimento de projetos de tecnologia. (Imprensa Integrada)

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias