Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COPAGRIL: Colaboradoras recebem orientações sobre câncer de mama

 

 

cabecalho informe

COPAGRIL: Colaboradoras recebem orientações sobre câncer de mama

 

As colaboradoras da Cooperativa Agroindustrial Copagril foram convidadas para participar de uma palestra de orientação realizada, na tarde desta quarta-feira (09/10), no salão social da Associação Atlética e Cultural Copagril (AACC). O encontro foi organizado pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt) da Copagril em parceria com o Convênio Sempre Vida para apresentar mais informações sobre o câncer de mama, sintomas e prevenção.

 

Presença - A tarde contou com a presença das colaboradoras do Convênio Sempre Vida, Silmara Souza e Suelen do Santos, que conversaram com as convidadas sobre o que é o câncer de mama, quais os principais sintomas, quais as características do grupo de risco, também sobre a importância e como realizar o autoexame preventivo. Silmara chamou a atenção para o dado alarmante divulgado pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) e Ministério da Saúde, o qual estima 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019 no Brasil. “Todas as mulheres e até mesmo os homens, que hoje são um em cada 100 mulheres, devem dar atenção aos sintomas, especialmente os grupos de risco, acima dos 40 anos, e aquelas que já tem histórico familiar de câncer”, comentou Silmara ao explicar para as participantes sobre os sintomas e características que devem ser acompanhados.

 

Autoexame - O câncer de mama é segundo tipo que mais acomete mulheres no Brasil, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Suelen ressalta que a principal prevenção é o autoexame regular, que deve ser mensal. “Quando mais a mulher conhece seu corpo, mas fácil será detectar as alterações, como um caroço. A chance de cura em casos diagnosticados precocemente é de 95%”, destaca. Ela ainda reforça que em caso de constatação de irregularidades, deve-se procurar um profissional da saúde.

 

Experiência - Marcia Azarias também falou com as mulheres. Ela já passou por dois casos de câncer de mama e contou sobre suas experiências, revelando que realizava o cuidado preventivo e foi através do autoexame que percebeu os primeiros sintomas. “Poucos meses antes do primeiro diagnóstico havia feito o exame clínico e não tinha nada, mas foi no autoexame que identifiquei um caroço e posteriormente foi constado como câncer”, descreveu ao enfatizar sobre o autoexame de rotina.

 

Dúvidas - As participantes também puderam conversar e tirar dúvidas durante o encontro. As ações da campanha Outubro Rosa seguem durante todo o mês de outubro e conforme destacado durante a conversa, a prevenção deve ser rotina. (Imprensa Copagril)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias