cabecalho informe

G7: Grupo técnico discute viabilidade da criação de um banco de projetos em infraestrutura

O secretário de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes do governo do Paraná, Valdemar Bernardo Jorge, participou, na tarde da última sexta-feira (12/07), de reunião do grupo técnico do G7, grupo formado pelas principais federações representativas do setor produtivo paranaense. O encontro ocorreu na sede do Sistema Ocepar, em Curitiba. Jorge reforçou o pedido feito pelo governador Ratinho Junior a lideranças cooperativistas na reunião da diretoria da Ocepar, realizada no dia 4 de julho, no Palácio Iguaçu. Na oportunidade, ele sugeriu a criação de um banco de projetos por parte do G7 para a área de infraestrutura, contemplando especialmente rodovias. A ideia é que as empresas e cooperativas se encarreguem da elaboração dos projetos e os doem para o governo do Estado. Segundo Ratinho Junior, o Estado dispõe de recursos para as obras, porém, além de não haver projetos, a sua elaboração exige a realização de licitação, cujo processo é mais demorado.

Propostas - Na reunião de sexta-feira, o grupo técnico debateu como constituir esse banco de projetos e se existe a disposição do G7 em fazer a doação dos projetos. De acordo com superintendente da Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Fecoopar), duas propostas foram elaboradas no encontro: numa delas, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), cujos representantes também participaram do debate sobre o assunto, se dispôs a conceder empréstimo a empresas e cooperativas, com prazo longo e juros reduzidos, para contratar empresas de consultoria com o propósito de elaborar os projetos. “Na segunda sugestão extraída da reunião, as entidades do G7 propuseram a elaboração de um estudo jurídico visando à criação de uma lei estadual que estabeleça uma Política de Fomento de Projetos que será enviada à Assembleia Legislativa e que autoriza a conversão dos créditos de ICMS para capitalizar o Fundo de Projetos, cujos recursos serão destinados para elaborá-los, mediante a contração de uma Fundação”, explica Costa.

Presidentes - Os presidentes das entidades que integram o G7 vão analisar as propostas do grupo técnico nesta segunda-feira (15/07), na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP), em Curitiba.

G7 - Fazem parte do G7 as seguintes entidades: Fecoopar/Ocepar, Fiep, Faep, Fecomercio PR, Fetranspar, Faciap e ACP.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias