Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias INFRAESTRUTURA I: Governador autoriza início da construção do novo Trevo Cataratas

 

 

cabecalho informe

INFRAESTRUTURA I: Governador autoriza início da construção do novo Trevo Cataratas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior assinou nesta segunda-feira (10/08) a ordem de serviço para início da reconfiguração do Trevo Cataratas, em Cascavel, com a construção de um viaduto. O entroncamento é um dos maiores gargalos rodoviários do Estado e a passagem em nível vai facilitar o fluxo de cerca de 45 mil veículos que circulam pelo local diariamente.

Expectativa - A expectativa para conclusão da obra é de dois anos e o investimento é de R$ 82 milhões. “É uma obra emblemática. A população cobrava do Estado há mais de 30 anos. Cascavel é uma das cidades mais importantes do País e essencial no desenvolvimento do Paraná. Precisava desatar esse nó”, afirmou Ratinho Junior.

Entroncamento - O Trevo Cataratas é um entroncamento que reúne as rodovias BR-369, no sentido de Maringá, a BR-277, entre Guarapuava e Foz do Iguaçu, a BR-467, em direção a Toledo, e a Avenida Brasil, que é principal via de acesso a Cascavel. Assim, para impactar o mínimo possível no trânsito e nas áreas próximas, explicou o governador, a intervenção será feita em duas etapas.

Vias marginais - Inicialmente, serão construídas as vias marginais para que o trânsito possa fluir durante a execução da obra. Depois, ao longo da segunda fase, esses desvios servirão de ponto principal, permitindo o desligamento dos semáforos que funcionam atualmente no local.

Cronograma - O governador Ratinho Junior ressaltou, ainda, que a concessionária tem um cronograma a ser executado e já existe uma tratativa com o Ministério da Infraestrutura para que, em caso de atraso, o Trevo Cataratas siga em obras após o fim da atual concessão, em novembro de 2021. “Ou seja, não há risco dessa obra não ser entregue. Preciso agradecer do Ministério Público Federal que aceitou a indicação do Paraná para a execução desta obra”, disse.

Pacote - A obra, lembrou o secretário do Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, integra um pacote de projetos que começaram a executados com recursos do acordo de leniência de R$ 400 milhões firmado pela Ecorodovias com o Ministério Público Federal (MPF).

Investimentos - A empresa controla a Ecovia e a Ecocataratas e fará investimentos de R$ 150 milhões até 2021 ao longo da BR-277, principal corredor rodoviário e de exportação do Paraná. “É um momento especial não só para Cascavel, mas para todo o Paraná. Será colocado um ponto final num dos maiores gargalos do País”, ressaltou o secretário.

Acordo - O acordo prevê R$ 130 milhões para a execução de obras no trecho da Ecocataratas, na BR-277 entre Cascavel e Guarapuava, com a criação de terceiras faixas e o novo viaduto da entrada de Cascavel, e R$ 20 milhões em intervenções da Ecovia, no trecho entre a Região Metropolitana de Curitiba e o Litoral.

Redução de tarifas - Outros R$ 220 milhões estão sendo abatidos com a redução de tarifas e R$ 30 milhões serão pagos em multas. “Meu desejo é que com a próxima concessão possam ter a BR-277 duplicada de Foz até Paranaguá", destacou Ratinho Junior.

Gerações - O prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, disse que o novo trevo deveria ter saído do papel há uma década para acompanhar o crescimento do volume de veículos que trafegam pela região.

Grande expectativa- “Cascavel vive uma grande expectativa por causa da importância desta obra, uma luta de gerações em nome da solução para um gargalo de desenvolvimento. É uma obra que vai mudar o Oeste do Paraná porque Cascavel é um corredor da produção do Paraná, Mato Grosso do Sul e do Paraguai”, afirmou.

Setor produtivo - A reformulação do trevo terá impacto na economia de toda a Região Oeste. Presidente da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná (Caciopar), Alci Rotta Júnior lembrou que as empresas passam a ganhar mais agilidade logística, diminuindo custos e ganhando agilidade.

Momento histórico - “É um momento histórico. Sempre que trocava o Governo do Estado, ficava o apelo e a expectativa desta obra neste importante entroncamento. A obra agora sai, e por isso precisamos agradecer o grande esforço do governador Ratinho Junior”, afirmou. “Se trata de uma das maiores obras do Paraná, que vai melhorar muito o trânsito no local. Sem semáforos, o motorista não vai mais precisar ficar parado no trevo", completou Michel Lopes, presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel (Acic).

Leniência - A Justiça Federal do Paraná homologou o acordo de leniência da Ecorodovias em setembro deste ano e a empresa reduziu as tarifas nas suas seis praças de pedágio em 30%. Os R$ 400 milhões do acordo devem ser pagos até o fim das concessões, em 2021. A concessionária reconheceu o pagamento de propinas para conseguir mudanças contratuais, atos de corrupção e lavagem de dinheiro. “Não medimos esforços para que isso acontecesse, com a melhor solução de engenharia. Representa o desenvolvimento do Paraná”, disse o diretor-superintendente da Ecocataratas, Silvio Caldas.

Presenças - Participaram do lançamento da obra os secretários Marcel Micheletto (Administração e Previdência) e Valdemar Jorge (Planejamento e Projetos Estruturantes); o presidente da Cohapar, Jorge Lange; o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti; o diretor-presidente da Ferroeste, André Gonçalves; os deputados federais Evandro Roman e José Carlos Schiavinato; os deputados estaduais Márcio Pacheco, Gugu Bueno, Coronel Lee e Nelson Luersen; além de lideranças políticas e empresariais da região. (Agência de Notícias do Paraná)

FOTO: Gilson Abreu / AEN

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias