Início Sistema Ocepar Comunicação Informe Paraná Cooperativo Últimas Notícias COOPAVEL: Parceria fabrica e doa 15 mil litros de álcool em gel

 

 

cabecalho informe

COOPAVEL: Parceria fabrica e doa 15 mil litros de álcool em gel

coopavel 06 04 2020Solidariedade e gratidão são dois atributos exclusivos do ser que pensa. E essas qualidades se agigantam em épocas de crises e de grandes catástrofes. Para ajudar na luta contra o coronavírus, a Coopavel se aliou aos grupos Guerra, GP Combustíveis e Atlas para a produção de álcool em gel com concentração 70%. Também colaboraram a UTFPR (Universidade Federal Tecnológica do Paraná) e a equipe do Pato Basquete.

Fabricação - Para que a parceria pudesse ser colocada em prática, a fábrica de agroquímicos do Grupo Guerra, em Pato Branco, no Sudoeste do Estado, trabalhou durante dias e alcançou a fabricação de 15 mil litros da substância. O álcool em gel é um dos produtos recomendados na higienização das mãos, de superfícies e de objetos que venham a ser compartilhados.

Doação - Os 15 mil litros são doados a hospitais, asilos e a outras instituições assistenciais e filantrópicas de todo o Paraná. O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, entende a solidariedade como um dos gestos mais nobres ao alcance das pessoas, empresas e instituições. “Ficamos muito felizes em poder ajudar e quero agradecer aos grupos Guerra, GP Combustíveis e Atlas pelo empenho na parceria, bem como o auxílio da UTFPR e do Pato Basquete”, diz o presidente Dilvo.

Por que 70%? - Uma das perguntas mais frequentes sobre o álcool em gel é quanto ao seu grau alcoólico, cuja recomendação enquanto bactericida é com concentração igual ou superior a 70%. Especialistas afirmam que essa é a condição ideal para a desnaturação de proteínas e estruturas lipídicas da membrana celular e destruição de micro-organismos. No entanto, a substância é tão eficaz quanto o uso de água e sabão.

Orientações - A Coopavel repassa orientações, com base em explicação da perita criminal Camila Guesine, da Polícia Civil do Distrito Federal, de que o álcool em gel deve ser empregado com o máximo de cuidado e cautela. “É que a concentração no grau de 70% é elevada, e por isso o material é bastante inflamável”.

Agravante - Um agravante é o fato de a chama do álcool em gel, quando em contato com um gatilho de combustão, ser invisível. “Por isso, em casa o recomendável é usar água e sabão para lavar as mãos”, reforça Camila. O uso do álcool em gel é recomendado em centros de saúde, clínicas ou em locais nos quais não há como lavar as mãos com frequência. (Imprensa Coopavel)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias