COCAMAR: Inaugurada nova unidade em Santa Cruz de Monte Castelo

 

“A Cocamar em Santa Cruz de Monte Castelo vai ser do tamanho da participação dos cooperados”. A frase do presidente da cooperativa, Divanir Higino, na inauguração da unidade operacional que acaba de ser construída no município, ocorrida na manhã de quarta-feira (17/07), dá o tom da importância do investimento para impulsionar a economia regional.   

 

A mais moderna - Higino ressaltou a construção de uma ágil estrutura de recebimento de grãos, inteiramente automatizada e que, por isso, se destaca como a mais moderna da cooperativa. “Chegamos à região para apoiar o trabalho dos produtores que estão investindo na expansão de suas lavouras e também na implantação do programa de integração lavoura-pecuária-floresta”, disse ele a autoridades, lideranças e produtores. O integrante do Conselho de Administração Valdomiro Peres Júnior, também compareceu à solenidade. 

 

Estrutura - Situada ao lado da rodovia que liga Santa Cruz de Monte Castelo a Querência do Norte, a unidade demandou investimento de R$ 29 milhões e conta com capacidade de armazenagem de 27 mil toneladas de grãos (que pode ser ampliada em mais 27 mil toneladas), tombador para veículos bi-trem e três moegas que absorvem 300 toneladas por hora. 

 

Potencial - O presidente da Cocamar ressaltou que a região apresenta grande potencial para o desenvolvimento de programas integrados, que geram mais riqueza com a incorporação de pastos degradados para a produção de soja e milho e, ao mesmo tempo, revitalizam a pecuária ao fomentar o aumento da produtividade.

 

Pés no chão - “Vamos crescer com os pés no chão, atentos às oportunidades para apoiar o desenvolvimento regional”, acrescentou Higino, adiantando que a cooperativa estuda ser mais incisiva no apoio à pecuária. 

 

Carnes - O prefeito de Santa Cruz de Monte Castelo, Francisco Antonio Boni, e a prefeita de Querência do Norte, Rosinei Aparecida Oliveira, também se pronunciaram. Boni agradeceu a Cocamar pela estrutura, lembrou que a região é importante produtora de carnes e que a receita com o ICMS da agropecuária está salvando o orçamento dos municípios. “Estamos muito unidos com Querência do Norte e precisamos de mais investimento no setor rural”, completou.  

 

Fortalecimento - A prefeita disse que a região estava esquecida pelos governantes, situação que começou a mudar nos últimos anos com o fortalecimento da atividade agropecuária. “Essa unidade da Cocamar é regional e vai nos trazer, com toda a certeza, um grande desenvolvimento”, mencionou, acrescentando que “são 12 municípios próximos com as mesmas características e integrados na luta por conquistas para o bem de todos”. 

 

Pioneiro - Um dos produtores presentes ao evento, Armando Machado Souza, é filho do saudoso Elvino Machado, o primeiro a investir no plantio de soja na região, em sistema de integração com a pecuária, ainda no começo da última década. “Vemos com alegria a construção dessa unidade, meu pai ficaria feliz”, disse. 

 

Grãos - Importante produtora de arroz, a região onde se encontra instalada a unidade de Santa Cruz de Monte Castelo já tem cerca de 20 mil hectares mantidos com as culturas de soja e milho e muitos agricultores estão chegando de outras regiões do estado para cultivar em terras arrendadas. Sob a gerência de Alisson Rodrigues Nunes, a nova unidade conta com uma equipe de 23 colaboradores. (Imprensa Cocamar)

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to LinkedIn