Imprimir
cabecalho informe

Informe Paraná Cooperativo - edição nº 4752 | 29 de Janeiro de 2020

INOVAÇÃO I: #hora193 encerra a primeira fase do Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense

 

Auditório cheio, clima alegre e a expectativa de encerrar com chave de outro a primeira fase do Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense. Assim foi o Encontro Estadual de Inovação do Cooperativismo Paranaense, nesta terça-feira (30/01), no Campus da Indústria, em Curitiba. “Este programa foi uma surpresa em vários sentidos. Hoje, por exemplo, esperávamos reunir não mais que 100 pessoas, e aqui estamos com mais de 300 participantes”, disse o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná, Leonardo Boesche. O encontro de ontem, batizado de “hora 193”, marcou o encerramento da capacitação que, ao longo do ano passado, formou 17 turmas em diversas cidades do Paraná. Foi um curso intensivo sobre inovação, com 192 horas de aulas e mentorias para mais de 450 colaboradores. “No início, quando lançamos a ideia, tínhamos a expectativa de que apenas 20 cooperativas iriam aderir à proposta. Isto, já seria um bom começo. Porém, tivemos 70 cooperativas inscritas, das quais 56 concluíram todas as fases a formação”, conta o superintendente.

O Programa – A proposta de colocar em prática uma ação para estimular as cooperativas a olharem com mais atenção para a questão da inovação, ganhou força no ano de 2015,  durante a fase de construção do planejamento estratégico do cooperativismo paranaense, o PRC 100 – Plano Paraná Cooperativo. “Formatamos o programa, em conjunto com o Isae, e iniciamos as atividades em abril de 2018, quando levamos um grupo de presidentes para uma visita técnica ao MIT, uma das escolas mais renomadas em termos de inovação. Estão, para nós é uma satisfação muito grande estarmos aqui encerrando essa primeira fase e abrindo o caminho para a próxima etapa que é a implementação do programa, ou seja, fazer com que as práticas que surgiram durante a formação tornem-se sistêmicas nas cooperativas”, frisa Boesche.

O Encontro – Para celebrar a “hora 193”, cujo ponto alto foi a entrega dos certificados para as cooperativas e seus profissionais que participaram da formação, o Sescoop/PR, em parceria como ISAE, preparam uma programação com palestras do palhaço e ator Márcio Ballas e da escritora e consultora em marketing digital, Martha Gabriel. Houve ainda apresentação dos pitches – propostas e as oportunidades trabalhadas pelos alunos durante a capacitação, e uma atividade para os presidentes das cooperativas presentes, em que o foco foi o papel da liderança na adoção da inovação. Para prestigiar o momento, participaram da entrega dos certificados o presidente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, e o presidente do Isae, Norman de Paula Arruda Filho. 

{vsig}2020/noticias/01/29/encontro_inovacao/{/vsig}

 

INOVAÇÃO II: Superintendente do Sescoop/PR destaca resultados do Programa de Inovação

 

“Hoje é um momento importante para consolidar o processo de formação, mas ao mesmo tempo projetar que vem pela frente”, disse ontem, em entrevista, o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR), Leonardo Boesche. O Sistema Ocepar, por meio do Sescoop/PR, é o indutor do Programa de Inovação do Cooperativismo Paranaense, cujo objetivo é difundir a cultura da inovação no cooperativismo do estado. Na foto, Boesche faz a abertura de uma atividade com os dirigentes de cooperativas, realizada durante o Encontro Estadual de Inovação do Cooperativismo Paranaense, e que teve como foco discutir o papel da liderança na adoção da inovação no ambiente cooperativo.  

Clique aqui e confira a entrevista do superintendente do Sescoop/PR, Leonardo Boesche

 

 

{vsig}2020/noticias/01/29/encontro_inovacao_leonardo/{/vsig}

 

INOVAÇÃO III: Marcio Ballas fala sobre criatividade e o poder do ‘sim’

 

Logo após finalizar a palestra no Encontro Estadual de Inovação do Cooperativismo Paranaense, o dramaturgo e palhaço profissional, conversou com a assessoria de Comunicação do Sistema Ocepar. Clique no link e confira.

Entrevista com Marcio Ballas

 Clique aqui e relembre os ensinamentos de Marcio Ballas

 

 

{vsig}2020/noticias/01/29/encontro_inovacao_marcio/{/vsig}

 

INOVAÇÃO IV: Cobertura fotográfica do Encontro Estadual de Inovação

 

encontro inovacao 29 01 2020As fotos do Encontro Estadual de Inovação do Cooperativismo Paranaense estão disponíveis no Flickr do Sistema Ocepar. O evento foi realizado na terça-feira (29/01), no Campus da Indústria em Curitiba. A promoção foi do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná (Sescoop/PR), em parceria com o ISAE.

 Clique aqui e confira as fotos do evento 

 

C.VALE: Exportações de frango impulsionam sobras

 

A C.Vale pretende concluir as obras do hipermercado de Assis Chateaubriand no segundo semestre de 2020. “Vamos fazer de tudo para que a loja esteja funcionando até o Natal”, disse o presidente Alfredo Lang, durante reunião preparatória à assembleia da cooperativa, segunda-feira, 27, no salão da Igreja São Francisco, na sede do município. Segundo ele, será uma “’loja moderna e com salas de cinema”. Ao apresentar dados sobre o desempenho da C.Vale em 2019 para 300 associados e familiares, Lang destacou o aumento do valor das sobras a serem disponibilizadas aos cooperados. Serão R$ 89 milhões contra R$ 42 milhões de 2018. “Aproveitamos o dólar alto e a demanda da China pela carne de frango”, explicou, atribuindo o aumento da rentabilidade às exportações do produto. A assembleia da C.Vale será na sexta-feira, dia 31. (Imprensa C.Vale)

 

{vsig}2020/noticias/01/29/cvale/{/vsig}

 

COPAGRIL: Dia de Campo Cultivares de Soja em Bela Vista

 

A Cooperativa Agroindustrial Copagril realizou na manhã desta terça-feira (28/01) o Dia de Campo Cultivares de Soja no distrito de Bela Vista, em Guaíra. O encontro teve como objetivo apresentar aos cooperados e clientes da região os cultivares de soja com as melhores características de adaptação, fomentando a melhoria técnica no planejamento e implementação das próximas safras. Conforme Darci Sonego, encarregado da Estação Experimental da Copagril e organizador dos Dias de Campo, os produtores da região de Guaíra têm a oportunidade de observar na prática as características agronômicas de 29 cultivares de soja. “Características que são importantes para o planejamento e escolha da cultivar que melhor se adapta na região e em especial para a lavoura de cada produtor”, comenta Darci sobre o trabalho técnico apresentando no Dia de Campo em Bela Vista.

Acompanhamento e orientação - Os cultivares foram implantados próximos a Unidade Copagril de Bela Vista e o evento também reuniu a equipe técnica da Cooperativa, que está disponível para acompanhar o produtor rural durante toda a safra, no preparo do solo, semeadura, manejo e colheita. O responsável pelo setor agronômico da Copagril, Paulo Brunetto, destaca que eventos técnicos como o Dia de Campo em Bela Vista reforçam o trabalho da Copagril com o propósito de oportunizar o melhor potencial produtivo das lavouras por meio do acompanhamento e orientação.

Visitantes - O cooperado da Copagril José Carlos Vala, que é de Bela Vista e trabalha com os irmãos em áreas da região, comenta que o evento é importante para conferir as diferentes variedades disponíveis e aquelas que terão melhor adaptação em cada lavoura. Os visitantes Saulo da Luz e o filho Guilherme (estudante de agronomia), que são de Oliveira Castro, também estiveram no evento e comentaram que o Dia de Campo de Bela Vista é importante para fazer a avaliação dos cultivares e escolher o melhor para a lavoura, com atenção a realidade de cada local e também os ciclos e resultados diferentes de cada cultivar.

Diferentes realidades - Quem também esteve no Dia de Campo em Bela Vista foi a acadêmica de agronomia e filha de cooperados de Mundo Novo, Dandara Maria Peres. Ela comenta que esses encontros regionais são importantes para entender a realidade de cada região, visto que o solo, a altitude e vários outros elementos estão diretamente ligados aos resultados das plantas. “Nos encontros locais podemos verificar a realidade de cada região, analisar os ciclos, produtividade e adaptação de cada cultivar”, explica. (Imprensa Copagril)

{vsig}2020/noticias/01/29/copagril/{/vsig}

 

SICREDI VALE DO PIQUIRI ABCD: Campanha premia associados do interior do Paraná

 

Moradores de Goioerê e de Altônia, no interior do Paraná, foram premiados com carros zero km na campanha Investir e Ganhar da Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP. Os sorteados foram Rita Aparecida Neves, de Goioerê, que faturou um Jeep Compass, e Arlindo Varago, de Altônia, que ganhou um Ford Ka. Os associados receberam os automóveis em eventos realizados nas agências dos municípios.

Campanha - Rita e Arlindo participaram da campanha exclusiva da Sicredi Vale do Piquiri, em que o associado recebia um número da sorte a cada R$ 100 aplicados em produtos financeiros participantes. Durante o período da campanha, foram sorteados mais de R$ 230 mil em prêmios. Os ganhadores dos valores mensais de cinco mil reais são moradores das cidades de Assis Chateaubriand, Anahy, Palotina, Goioerê, Quarto Centenário, Campina da Lagoa, Altônia, Rancho Alegre D’Oeste e Ubiratã, no Paraná, e da cidade de São Paulo. Arlindo é associado da Cooperativa há 12 anos e conta que já usou financiamento para ajudar no seu negócio. “Só tenho ganhado com o Sicredi. Fiz aniversário em 2 de janeiro e me mandaram o presente”. Já Rita Aparecida reforça que, além de feliz com o prêmio, está satisfeita com os serviços e atendimento da instituição. “Gosto dos funcionários e sou muito bem atendida”, diz.

Sobre a Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP - A Sicredi Vale do Piquiri é uma cooperativa com 31 anos de história e mais de 141 mil associados, distribuídos em 82 agências. A Cooperativa atua nas regiões Oeste e Noroeste do Paraná, além da Capital e do Abcd Paulista. A instituição se destaca pelo atendimento aos associados e pela preocupação com o desenvolvimento da comunidade.

Sobre o Sicredi- O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.700 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br). (Imprensa Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP)

{vsig}2020/noticias/01/29/sicredi_piquiri/{/vsig}

 

SHOW RURAL: A edição dos estandes gigantes

 

Um entre vários aspectos vai chamar atenção dos visitantes do 32º Show Rural Coopavel, agendado para o período de 3 a 7 de fevereiro em Cascavel, no Oeste do Paraná. É o tamanho de alguns dos estandes instalados no parque que desde 1989 recebe o evento que é considerado um dos três maiores da atualidade. Alguns dos estandes têm área coberta próxima de cinco mil metros quadrados, informa o coordenador geral Rogério Rizzardi. O do Show Rural Digital é um dos maiores, com 8,7 mil metros quadrados, desses 4,8 mil cobertos. “Há um bom número de estandes com área entre 3 mil e 4 mil metros quadrados”, segundo o coordenador.

Um grande espelho - O tamanho de alguns deles está ligado ao interesse dessas empresas em trazer e apresentar o maior número possível de itens do seu portfólio ao evento, e também da dimensão de algumas máquinas atualmente produzidas. Entre elas estão colheitadeiras que chegam a custar quase R$ 2 milhões e que, além de enormes, são referência no melhor da tecnologia disponível no mercado.

Pecuária - O setor pecuário é um dos que mais crescem no Show Rural Coopavel. Atualmente são sete pavilhões que, juntos, têm quase dez mil metros quadrados de área construída. Ali estão o salão tecnológico, reservado ao mais recente da inovação à pecuária de leite, e um pavilhão coberto de mais de 2,7 mil metros quadrados com capacidade para 150 animais devidamente acomodados em baias.

O evento - A 32ª edição do Show Rural Coopavel acontecerá em um ambiente de 720 mil metros quadrados, na BR-277 saída para Curitiba – a cerca de dez quilômetros do centro de Cascavel. Serão 650 expositores e expectativa de público de 250 mil visitantes. A movimentação financeira estimada deverá chegar aos R$ 2 bilhões. (Assessoria Show Rural)

 

{vsig}2020/noticias/01/29/showrural/{/vsig}

 

 


Versão para impressão


RODAPE