Imprimir
CABECALHO

Informe Paraná Cooperativo - edição nº 4509 | 05 de Fevereiro de 2019

COCAMAR I: Cooperativa reúne cooperados para prestação de contas, nesta quarta-feira, dia 6

cocamar I 05 02 2019Para prestar contas do exercício 2018 e deliberar sobre vários outros assuntos, a Cocamar Cooperativa Agroindustrial promove na manhã desta quarta-feira (06/02) em Maringá, no salão social da Associação Cocamar, a sua Assembleia Geral Ordinária (AGO). A AGO finaliza um ciclo de 46 reuniões com os cooperados, realizadas em municípios das regiões atendidas pela Cocamar, nos Estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, que fazem parte da governança da cooperativa. Nelas, foram apresentadas com mais detalhes os temas que integram a pauta da AGO, oferecendo a oportunidade para que os cooperados possam sanar eventuais dúvidas, dialogando diretamente com os dirigentes.

A cooperativa - Sediada em Maringá (PR), a Cocamar Cooperativa Agroindustrial registrou um crescimento de 16,2% no ano passado, com o seu faturamento saltando de R$ 3,934 bilhões em 2017 para R$ 4,571 bilhões em 2018. (Assessoria Cocamar)

COCAMAR II: Dia de campo em São Sebastião da Amoreira com mais de 400 participantes

Com a presença de mais de 400 cooperados e dezenas de empresas parceiras, a unidade da Cocamar em São Sebastião da Amoreira, região de Londrina, promoveu na tarde da última sexta-feira, dia 1º, seu tradicional dia de campo sobre a cultura da soja. Participaram também produtores das unidades vizinhas de Nova Fátima (onde a Cocamar iniciou operações recentemente), Santa Cecília do Pavão, Assaí e São Jerônimo da Serra, incluindo grupos de Congoinhas.

Colheita - O dia de campo aconteceu às vésperas do início da colheita da safra 2018/19, em dois locais: o amplo pátio da sede da unidade, onde foram instaladas tendas para abertura e rápidas palestras, e o campo localizado em frente, que recebeu parcelas, experimentos e os estandes das empresas.

Destaque - As Sementes Cocamar foram um dos destaques no evento. Grande parte das lavouras da região utilizou, pela primeira vez, sementes de soja produzidas pela cooperativa, que, no final de 2017, passou a contar com uma Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) em São Sebastião da Amoreira. Sob a coordenação do gerente Claudinei Marcondes, responsável pelas unidades de São Sebastião da Amoreira e Nova Fátima, o dia de campo mobilizou gerentes e técnicos de todas as unidades participantes. (Assessoria Cocamar)

{vsig}2019/noticias/02/05/cocamar_II/{/vsig}

SHOW RURAL: Agenda de visitas: Ocepar, FAO/ONU e OCB Paraíba

show rural 05 02 2019O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, vai receber diretorias da Aprosoja, da Ocepar, da Agraer, da Unimed, do Bradesco e de multinacionais. Também estará no parque o vice-governador do Acre, Wherles Fernandes da Rocha, e o representante da FAO/ONU, Rafael Zavala. A agenda completa e atualizada das autoridades pode ser conhecida na íntegra no site oficial do Show Rural Coopavel no endereço eletrônico www.showrural.com.br. Então, basta acessar o ícone autoridades no alto da página, à direita. Na quinta e sexta-feira, o evento vai receber o governador Ratinho Júnior e secretários de Estado e, na sexta-feira, quem virá é a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

Paraibanos se encantam - Presidentes de cooperativas e produtores rurais de 16 cidades da Paraíba, ligados à OCB/PB (Organização das Cooperativas do Brasil na Paraíba) viajaram 3,5 mil quilômetros até Cascavel, no interior do Paraná, para conhecer as novidades do 31º Show Rural Coopavel. Eles visitaram expositores, percorreram a estrutura do parque e se encontraram com o presidente da Coopavel, Dilvo Grolli.

Mensagens - “Tenho uma mensagem do presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, para vocês. Da construção de um Brasil unido, sem diferenças. E as cooperativas terão papel de grande valor nessa missão”, afirmou Dilvo. O presidente da OCB/PB, André Pacelli, falou sobre a boa impressão que os paraibanos levam do Show Rural Coopavel. “Estamos muito empolgados e encantados com tudo o que vimos aqui e o papel que as tecnologias assumem no cotidiano do agronegócio”, afirmou André. Os presidentes de cooperativas citaram alguns desafios que o estado paraibano ainda encontra para melhorar suas produtividades, como resistência de alguns à inovação, dificuldades de adoção de programas de gestão e necessidade de mais investimentos em cultura de produção.

Problemas comuns - Dilvo citou que, muitos dos problemas que os agricultores da Paraíba sentem, eram dificuldades comuns também no Oeste do Paraná. E motivaram a Coopavel a buscar, por meio de um evento de transmissão de conhecimentos técnicos, acelerar o processo de disseminação e de introdução de novidades no campo. Em 30 anos de evento, a produtividade de commodities como soja e milho cresceram em mais de 300%, exemplificou o presidente da Coopavel. (Assessoria Show Rural)

SiCOOB I: Coopavel assina contrato para investimentos

sicoob 05 02 2019O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, esteve nesta segunda-feira (04/02), no estande do Sicoob no Show Rural 2019 para assinar um contrato de financiamento com recursos do BNDES. Com o investimento, a Coopavel irá realizar a manutenção de suas atividades em Vera Cruz do Oeste, cidade da região de atuação do Sicoob Meridional. No estande, representantes da Coopavel e do Sicoob comemoraram mais uma parceria de sucesso entre as cooperativas.

Investimentos - Cerca de R$ 2 milhões serão investidos no armazenamento de grãos. Segundo a presidente do Sicoob Meridional, Solange Martins, o financiamento é de grande representatividade para a região, em especial para a agência de Vera Cruz do Oeste. “Esse é o quarto ano consecutivo que renovamos essa linha de crédito com a Coopavel, uma parceria que nasceu dentro do Show Rural. Estamos muito contentes e com boa expectativa para os demais dias da feira”, explica. (Assessoria Show Rural)

SICOOB II: Unicoob Consórcios oferece taxas exclusivas para show rural 2019

sicoob II 05 02 2019O Sicoob, maior sistema financeiro cooperativo do país, está presente no Show Rural 2019 com diversas opções para os produtores rurais. Uma delas é o produto consórcio. Com foco em veículos pesados, máquinas e equipamentos agrícolas e imobiliário, a Unicoob Consórcios está disponibilizando grupos com taxas de administração exclusivas e diferenciadas, variando de 7% para imóveis e de 9% para veículos pesados e maquinários.

Informações - Para mais informações sobre as condições, esclarecimento de dúvidas e adesões, os visitantes podem procurar a equipe da Unicoob Consórcios no stand do Sicoob, localizado entre as ruas 3 e 4, no setor de bancos e cooperativas de crédito.

Sicoob no Show Rural – Para atender os visitantes do Show Rural, o Sicoob está oferecendo linhas de crédito para comercialização de produtos agropecuários, custeio e investimento com condições especiais para atender da agricultura familiar à empresarial, cooperativas de produção e agroindústrias. Além das opções convencionais, a cooperativa também traz o Sicoob InvestFeira, com taxas e prazos especiais para a aquisição de produtos comercializados na feira. (Assessoria Show Rural)

SICOOB INTEGRADO: Cooperativa de crédito reinaugura agência de Clevelândia

No último dia 28 de fevereiro, o Sicoob Integrado reinaugurou a agência de Clevelândia. O ponto de atendimento agora tem novo endereço e conta com uma estrutura de 228 m² com mais conforto e modernidade. Com quase o dobro de espaço, agora os cooperados podem contar com mais comodidade.

Crescimento - A demanda por um espaço maior surgiu a partir do crescimento no número de cooperados. Segundo gerente, Valter de Oliveira, o foco principal dos trabalhos será o crédito rural. “Queremos ampliar a carteira de crédito e para isso já aumentamos também nossa equipe”, afirma. Com uma forte atuação do agronegócio na região, o ponto de atendimento está oferecendo uma linha especial de rotativo com juros abaixo do valor de mercado. “Como temos pouco tempo na cidade, nosso objetivo inicial era conquistar os comerciantes, agora queremos aumentar nossa base e fazer negócios com os produtores rurais”, explica.

Endereço - Estiveram presentes na inauguração o presidente, Alcir Luiz Freisleben, o diretor de Mercado Marcinei Coterli e o diretor Superintendente, Clevi Deitos.O novo endereço da agência do Sicoob Integrado em Clevelândia é Rua Major Sansão Carneiro, 555. (Assessoria Sicoob Integrado)

{vsig}2019/noticias/02/05/sicoob_integrado/{/vsig}

SICREDI VALE DO PIQUIRI ABCD PR/SP: Terceira agência para a cidade de Campo Mourão

sicredi vale 05 02 2019Campo Mourão recebeu nesta segunda-feira (04/02), mais um espaço de atendimento Sicredi para os seus associados. A agência está localizada na Av. Irmãos Pereira - nº 1424, mesmo local onde anteriormente já existia uma agência do Sicredi. Aproveitando a excelente localização do prédio e pensando em disponibilizar um atendimento ainda mais próximo e personalizado, a Cooperativa inaugura esta nova agência e agora Campo Mourão passa a contar com três espaços de atendimento, juntamente com a Agência localizada no bairro Lar Paraná.

Novo conceito - O espaço inaugurado segue o novo conceito de ambientação arquitetônica do Sicredi, que busca valorizar ainda mais um dos seus principais diferenciais: o relacionamento. Ao todo, são cerca 600m² de área construída, que trazem consigo um conceito mais moderno e proporcionam uma excelente experiência ao associado.

 

Estratégia de expansão - Segundo o presidente da Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP, Jaime Basso, é um motivo de grande alegria para a Cooperativa entregar à Campo Mourão, onde a instituição chegou há 15 anos, mais um espaço confortável e moderno, para que os associados possam fazer seus negócios com conforto, segurança e proximidade. “A abertura desta agência segue a nossa estratégia de expansão: encerramos o ano de 2018 com 19 agências inauguradas e pretendemos abrir cerca de 20 novas agências em 2019, distribuídas em nossa área de atuação nos estados do Paraná e São Paulo”, comenta Jaime.

 

Atendimento - Valmir Ferreira Junior, gerente da nova agência, juntamente com sua equipe, já estão a postos para atender aos associados e à comunidade. “Estamos à disposição para tirar dúvidas e apresentar todo o portfólio de produtos e serviços financeiros cooperativos para empresas e pessoas físicas e convidamos a todos para fazer-nos uma visita e tomar um café conosco”, convida Valmir. (Assessoria Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP)

UNIMED MARINGÁ: Instalada academia ao ar livre em Paiçandu

unimed maringa 05 02 2019Os cerca de 40 mil moradores de Paiçandu podem se beneficiar com uma academia ao ar livre. É que nesta segunda-feira (04/02) a Unimed Maringá entregou uma Academia da Terceira Idade (ATI), com equipamentos que podem ser usados sem custo pela população. Trata-se da 32ª unidade, sendo 19 em Maringá e 13 em municípios da região. O evento de entrega reuniu o prefeito Tarcísio Marques dos Reis, o vice-prefeito Santo Gardinal, secretários municipais, vereadores e o presidente da Unimed Maringá, Daoud Nasser. A academia foi instalada na praça da igreja Matriz, na avenida Ivaí.

Mudança de estilo de vida - Para o presidente da Câmara Municipal, Carlos Itaipu, a ATI é uma oportunidade das pessoas mudarem de vida de forma simples. “A Unimed está preocupada e investindo na saúde da comunidade”, elogiou. O vereador Carlos Fenille, que pleiteou a academia junto à Unimed, falou em coro. “A ATI é uma ferramenta de saúde. A Unimed prontamente atendeu nosso pedido de instalar esses equipamentos em nossa cidade”.

Prevenção - Na opinião do presidente da cooperativa, Daoud Nasser, Paiçandu merece a ATI, afinal lá estão clientes da Unimed. “Só em Maringá nossa cooperativa instalou 19 academias. Quanto mais a população usa esses equipamentos e pratica atividade física, menos preocupação terá com a assistência à saúde”, afirmou ele, ressaltando o envelhecimento da população e a necessidade de investir em qualidade de vida. “A ATI é uma forma simples e prazerosa de cuidar da saúde”. O prefeito Tarcísio Marques dos Reis também agradeceu a parceria com a Unimed. Ele mesmo faz atividade física diariamente e ressaltou a importância de ter uma vida saudável.

Uso da população - Instalada na região central da cidade, a academia é formada por dez equipamentos para alongar, fortalecer e desenvolver a musculatura. São aparelhos de caminhada, esqui, elíptico, entre outros. O aposentado Paulo Correa Polo é um dos que pretende utilizar a academia. Por recomendação médica, ele precisa fazer sessões de fisioterapia com frequência e se exercitar. E agora ele tem equipamentos sem custo e perto de casa para seguir a recomendação médica. (Unimed Maringá)

SAÚDE: ANS estimula adoção de boas práticas de governança corporativa pelas operadoras

saude 05 02 2019A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou na semana passada, dia 28 de janeiro, no Diário Oficial da União, a Resolução Normativa - RN nº 443, que dispõe sobre a adoção de práticas de governança corporativa, com ênfase em controles internos e gestão de riscos, visando à sustentabilidade do setor de saúde suplementar. Com a norma, a ANS estimula a redução do risco de descontinuidade de operações de planos de saúde decorrentes de falhas de controles internos e baixa capacidade de gestão de riscos a que as operadoras estão expostas, o que pode comprometer a assistência prestada a beneficiários.

Importância - “As boas práticas de governança corporativa têm grande importância para o fortalecimento da gestão das operadoras e proteção dos interesses dos beneficiários de planos de saúde. Ignorar a existência dos riscos ou a necessidade de geri-los adequadamente pode implicar em perdas vultosas ou mesmo levar à quebra de empresas em qualquer ramo de atividade, inclusive na saúde suplementar”, afirma o diretor de Normas e Habilitação das Operadoras, Leandro Fonseca.

 

Comissão Permanente - A importância do tema ganhou corpo no âmbito da Comissão Permanente de Solvência da ANS, na medida em que estudos apontaram que boa parte do setor regulado possui práticas de governança corporativa e gestão de risco pouco maduras. A elaboração da norma contou com diversas etapas de estudos e participação social (audiência pública, seguida de consulta pública, ambas realizadas em 2018).

Planos de saúde - No caso dos planos de saúde, isso é fundamental para garantir aos contratantes e beneficiários que a assistência à saúde será prestada quando for preciso. Por outras palavras, busca-se garantir que a governança da operadora a torne sólida e sustentável no longo prazo, mesmo exposta a gastos elevados para a recuperação da saúde de seus beneficiários.

Observar práticas de gestão - “É de interesse da sociedade, principalmente de quem contrata e usa os serviços, saber se as operadoras observam práticas de gestão que internalizam condutas adequadas e reduzam risco de descontinuidade de suas operações por conta de falhas de controles internos e baixa capacidade de gestão de riscos, o que fortalece a sustentabilidade do setor e ajuda a proteger os interesses dos beneficiários”, explica o diretor.

Responsabilidade corporativa - A RN nº 443 define que as práticas e estruturas de governança, controles internos e gestão de riscos implementadas pelas operadoras devem ser coerentes com a complexidade das suas atividades, e formalizadas de forma clara e objetiva em estatuto ou contrato social, regimentos ou regulamentos internos submetidos a revisão e aprovação das instâncias máximas de decisão das operadoras, e divulgadas amplamente às partes interessadas.

Princípios - As práticas e estruturas de governança adotadas pelas operadoras devem considerar os princípios de transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa, sendo atribuição dos administradores das operadoras a implantação, implementação e avaliação periódica das práticas de governança, gestão de riscos e controles internos que trata a normativa. A norma também estabelece como obrigatório para as operadoras de grande e médio portes (exceto para as classificadas na modalidade autogestão por RH), a partir de 2023, o envio anual do Relatório de Procedimentos Previamente Acordados – PPA, elaborado por auditor independente, tendo por base os dados do exercício anterior referentes aos processos de governança, gestão de riscos e controles internos das operadoras. (Assessoria ANS)

Confira aqui a RN nº 443.

POLÍTICA: Em mensagem ao Congresso, Presidente destaca combate ao crime organizado

politica 05 04 2019Acompanhado do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, entregou nesta segunda-feira (04/02) a mensagem do Presidente da República, Jair Bolsonaro, ao Congresso Nacional. O documento é tradicionalmente apresentado no início do ano legislativo.

Teor da mensagem - O texto traz uma mensagem de esperança e lembra o difícil período enfrentado nos últimos anos, de recessão histórica, desemprego alto, corrupção e criminalidade presentes no dia a dia dos brasileiros. “Isso acabou! O governo brasileiro declara guerra ao crime organizado. Guerra moral, guerra jurídica, guerra de combate. Não temos pena e nem medo de criminoso. A eles sejam dadas as garantias da lei e que tais leis sejam mais duras”, destaca o Presidente. Ao demonstrar como o Estado brasileiro se tornou ineficiente nos últimos governos, o Presidente elencou uma série de fatos: “o Estado sobrepõe dezenas de estruturas de fiscalização, inibe quem quer produzir, mas não conseguiu coibir a tragédia de Brumadinho”. E ainda, “na saúde, o povo foi abandonado e os índices de mortalidade voltaram a subir, depois de décadas de queda”; “o meio ambiente virou bandeira ideológica, prejudicando quem produz e quem preserva (...)”.

Previdência - Para o Presidente, “Nosso país (...) rejeitou essa forma de governar. Caiu por terra a mentira. E eis que vimos nascer a verdade e a esperança”, escreveu antes de declarar que “é a hora de a Administração Pública voltar a SERVIR, a resolver os problemas da Nação” e que “olhar para trás e ver o que está errado faz parte do aprendizado para o futuro”. Por fim, o Presidente antecipou que “A Nova Previdência vai materializar a esperança concreta de que nossos jovens possam sonhar com seu futuro, por meio da Poupança Individual da Aposentadoria”. (Agência Senado)

Clique aqui para ler na íntegra a Mensagem ao Congresso 2019.

TECNOLOGIA: Iapar lança aplicativo de agrometeorologia no Show Rural

tecnologia 05 02 2019jpgO Instituto Agronômico do Paraná lança nesta terça-feira (5), no Show Rural, em Cascavel, o IAPAR Clima, um aplicativo para celulares que aponta em tempo real as condições agrometeorológicas das regiões produtoras do Paraná. O IAPAR Clima faz a compilação de dados obtidos em 22 estações meteorológicas do próprio Iapar e outras 38 do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). Previsão do tempo, chuva acumulada, situação da água no solo, temperatura e mapas climáticos são algumas funcionalidades da aplicação.

Desenvolvimento - “Técnicos e produtores têm no bolso uma ferramenta para decidir sobre o melhor momento de realizar operações agrícolas como semeadura, aplicação de agrotóxicos e colheita, além de acompanhar as condições hídricas do solo”, informa o engenheiro agrícola Pablo Ricardo Nitsche, pesquisador do Iapar. O aplicativo foi desenvolvido em parceria com o Simepar e está disponível para aparelhos Android. Pode ser baixado gratuitamente no Google Play. A versão para sistema operacional IOS ficará pronta nos próximos meses. Também está prevista a adição de novas funcionalidades, como aviso de geadas para a cafeicultura e horas de frio e alerta fitossanitário para pomares de maçã.

Atlas climático – Na mesma solenidade será lançada a atualização do Atlas Climático do Estado do Paraná. Em 188 mapas, a obra apresenta as normais de precipitação, temperatura e umidade relativa do ar, evapotranspiração potencial, radiação solar global e insolação obtidas em estações meteorológicas do Iapar e do Simepar.

Coleta de dados - Os meteorologistas denominam “normais” os dados médios coletados por um período mínimo de 30 anos. Algumas estações meteorológicas do Iapar estão em operação há bem mais que três décadas, como, por exemplo, a unidade de Irati, onde as informações são coletadas desde 1963. “A variabilidade climática é determinante para o sucesso ou fracasso da produção agropecuária, formação de preços no mercado e, consequentemente, das decisões em todos os elos das cadeias produtivas”, afirma o pesquisador Pablo Ricardo Nitsche, que é autor da obra juntamente com os especialistas Paulo Henrique Caramori e Wilian da Silva Ricce.

Conheça o trabalho - O Atlas Climático do Estado do Paraná está disponível apenas em formato digital, e pode ser obtido no endereço www.iapar.br.

Show Rural – Uma realização da Cooperativa Agroindustrial de Cascavel (Coopavel), o Show Rural teve início nesta segunda-feira (04/02) e prossegue até o dia 8. Em sua 31ª edição, é considerado um dos mais importantes eventos voltados à divulgação de tecnologias agrícolas no país. (Assessoria Iapar)

SANIDADE: Redução da dose da vacina contra aftosa valerá a partir de maio

sanidade 05 02 2019A vacina contra a febre aftosa vai ter sua dose reduzida de 5 ml para 2 ml na primeira etapa de vacinação de bovinos e bubalinos, que será realizada a partir de maio, na maioria dos estados brasileiros. Diego Viali dos Santos, chefe da Divisão de Febre Aftosa e outras Doenças Vesiculares (Difa) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), lembra que nessa primeira etapa de vacinação do ano, a grande maioria do país vai imunizar todo o rebanho, conforme calendário de vacinação disponível no site do Mapa.

Animais jovens - Apenas no Acre, Espírito Santo e Paraná a dose será aplicada apenas em animais jovens (de até 24 meses de idade). O estado do Amapá, devidos a suas condições peculiares, realiza a vacinação anualmente somente no segundo semestre. A mudança da dose está prevista no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que deverá culminar com a retirada total da vacinação no país prevista até 2021.

O que se espera - A expectativa de Diego Viali dos Santos é de que com a redução da dosagem, ocorram menos reações nos animais (caroços, inchaço). Além disso, com frascos menores, as vacinas ocuparão menos espaço, facilitando o transporte e reduzindo o custo de refrigeração. “Os laboratórios produtores possuem estoque suficiente do novo produto para atender à demanda dos criadores”, afirmou.

Informações - O ministério preparou um manual para fiscalização do comércio de vacinas contra a febre aftosa, atualizando a publicação de 2005. A versão digital, contendo orientações aos Serviços Veterinários Estaduais e aos distribuidores sobre a qualidade exigida ao produto deverá ser disponibilizada nesta semana.

Cuidados com as vacinas -

- Compre as vacinas somente em lojas registradas.

- Verifique se estão na temperatura correta: entre 2° C e 8° C.

- Para transportá-las, use uma caixa térmica, coloque três partes de gelo para uma de vacina e lacre.

- Mantenha a vacina no gelo até o momento da aplicação. Escolha a hora mais fresca do dia e reúna o gado. Mas lembre-se: só vacine bovinos e búfalos.

- Durante a vacinação, mantenha a seringa e as vacinas na caixa térmica e use agulhas novas, adequadas e limpas. A higiene e a limpeza são fundamentais para uma boa vacinação.

- Agite o frasco antes de usar e aplique a dosagem certa em todos os animais: 2 ml.

- O lugar correto de aplicação é a tábua do pescoço, podendo ser no músculo ou embaixo da pele. Aplique com calma.

- Lembre de preencher a declaração de vacinação e entregá-la no serviço veterinário oficial do seu estado juntamente com a nota fiscal de compra das vacinas. (Assessoria Mapa)

ECONOMIA: Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,61% em janeiro

economia 05 02 2019O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos, ficou em 0,61% em janeiro deste ano. A taxa é 0,29 ponto percentual acima do registrado em dezembro de 2018 (0,32%). Em 12 meses, a inflação acumulada chega a 4,29%.

Alta - Os dados foram divulgados nesta terça-feira (05/02) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Em janeiro, seis das oito classes de despesa que compõem o índice apresentaram alta em suas taxas de variação: transportes (de -0,52% para 1,84%), educação, leitura e recreação (de 0,66% para 2%), habitação (de 0,10% para 0,19%), alimentação (de 0,83% para 0,84%), despesas diversas (de 0,09% para 0,27%) e comunicação (de -0,02% para 0,01%).

Queda - Por outro lado, tiveram queda na taxa os grupos vestuário (de 0,7% para -0,56%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,29% para -0,02%). (Agência Brasil)


Versão para impressão


RODAPE